Epicondilite lateral

O que é a epicondilite lateral?

Anatomia óssea do cotovelo

Anatomia óssea do cotovelo

A epicondilite lateral é a tendinite mais frequente do cotovelo. Ela pode ser causada por vários fatores, entre eles esforços repetitivos ou trauma. É conhecida também como "cotovelo de tenista" pela alta incidência em praticantes desse esporte.

Por que ela tem esse nome?

O úmero tem duas protuberâncias próximo do cotovelo, os epicôndilos lateral e medial. A epicondilite lateral é a inflamação dos tendões que se originam no epicôndilo lateral. Eles são responsáveis pelo movimento de estender o punho  e rodar a palma para cima (supinação).

Quais os sintomas da epicondilite lateral?

epicondilitelateral02

O sintoma mais comum é dor na parte elateral do cotovelo. A dor costuma piorar no esporte e no trabalho.

Quais exames são necessários para o diagnóstico?

O exame clínico é suficiente para chegar ao diagnóstico na maioria das vezes. O ultrassom e a ressonância magnética servem para confirmar o diagnóstico e excluir possíveis lesões associadas.

Ressonância magnética mostrando lesão da musculatura junto ao epicôndilo lateral

Ressonância magnética mostrando lesão da musculatura junto ao epicôndilo lateral

Qual o tratamento da epicondilite lateral?

O tratamento consiste em medicações e fisioterapia, além de evitar atividades esportivas e no trabalho que propiciem o agravamento do problema. No caso dos atletas, a adequação da técnica e do material esportivo costumam ajudar. As medicações, dependendo da intensidade dos sintomas, podem ser por via oral, injeções intra-musculares ouinfiltrações. A fisioterapia geralmente contempla medidas de alívio da dor, alongamento e fortalecimento da musculatura do antebraço. 

Na maioria das vezes a doença se resolve sem a necessidade de cirurgia. Pode demorar até 1 ano para ocorrer a resolução completa dos sintomas. 

Quando é necessária a cirurgia?

Quando o tratamento não surte efeito, pode ser indicada uma cirurgia, realizando-se uma limpeza do tendão degenerado. Esta cirurgia pode ser feita por via aberta ou por artroscopia, e é realizada a ressecção da porção doente do tendão.

 

Posted on March 25, 2015 .