Bursites, tendinites e síndrome do impacto

Bursite

bursite.png

Bursa é um tecido que recobre os tendões, e tem como objetivo diminuir o atrito quando estes se movimentam. No ombro, a bursa se posiciona entre os tendões e a proeminência óssea que fica sobre eles, o acrômio. A inflamação da bursa origina a bursite. O local mais comum de ocorrência de bursite é no ombro, mas ela não é exclusiva dessa articulação, já que nosso corpo tem bursa em diversos outros locais, como tornozelo, cotovelo e quadril.

Tendinite

A tendinite do ombro, também chamada de tendinopatia, ocorre nos casos onde o tendão torna-se inflamado ou degenerado. Costuma ser uma etapa inicial dos problemas tendíneos, e quando não tratada adequadamente pode evoluir para uma lesão do manguito rotador. É frequentemente associada à bursite.

Síndrome do Impacto

As bursites, tendinites e lesões do manguito rotador são muitas vezes agrupadas sob um mesmo diagnóstico, a síndrome do impacto do ombro. As causas dessa síndrome são diversas: movimentos repetitivos, permanecer com os braços em posição elevada por longo período, formato mais curvo do acrômio.

Tratamento

As bursites, tendinites e síndrome do impacto geralmente são tratadas sem a necessidade de cirurgia. O tratamento consiste em medicações e fisioterapia, além de evitar atividades no esporte e no trabalho que propiciem o desenvolvimento do problema. As medicações, dependendo da intensidade dos sintomas, podem ser por via oral, injeções intra-musculares ou  infiltrações. A fisioterapia geralmente contempla medidas de alívio da dor, alongamento da cápsula articular e fortalecimento do manguito rotador. Quando o tratamento não cirúrgico falha, pode ser indicada uma artroscopia para a ressecção da bursa inflamada e raspagem do acrômio com o intuito de aumentar o espaço para os tendões.

Posted on February 3, 2013 .